Blog | Incepa

O inverno é a melhor época para construir a sua piscina


Agora, no inverno, é o momento de dar início ao projeto verão… Ou seja, é a hora de planejar, projetar e construir a sua piscina! Com a chegada das temperaturas mais baixas, é normal que as pessoas deixem um pouco de lado o hábito de de mergulhar nas piscinas, fazendo com que essa área da casa seja menos utilizada.

Assim sendo, esse é o melhor momento do ano para construir a sua piscina ou reformar o espaço externo já existente na sua casa. Dessa forma, quando o verão chegar, já será possível desfrutar desse maravilhoso espaço de lazer! Porém, para colocar esse projeto em prática, é importante seguir algumas etapas de construção. Para te ajudar nessa missão, preparamos um guia logo abaixo. Confira!

Etapas para construir a sua piscina

Para realizar o sonho da piscina própria, o seu projeto deverá passar por várias etapas, que vão desde a escolha do local para fazer a piscina, passando por toda a sua estrutura e, por fim, os revestimentos e a área ao redor, que dão um toque todo especial para o espaço. Veja o passo a passo!

1. Projeto de piscina

O passo inicial da construção da piscina é o desenvolvimento do projeto dela. Nessa etapa, você deve escolher o local adequado para fazer a instalação da piscina e, então, definir qual será o modelo, a profundidade, o desenho e o material perfeito para construí-la. Uma dica é optar por locais que recebam sol por uma boa parte do dia e que, se possível, não tenham muitos desníveis no solo.

Talvez seja interessante contar com o auxílio de um especialista, como um projetista, um consultor ou uma empresa especializada, que poderão te ajudar a tomar as melhores decisões conforme o local que você irá construir a sua piscina.

2. Licença

Para a implantação da piscina ser legal, você deve também solicitar uma licença/autorização no departamento de obras da prefeitura da cidade, para garantir que é permitido construir uma piscina na região em que você vive. Ainda, se você mora em um condomínio, é importante consultar o regimento interno dele e conversar com o síndico, verificando se existem questões burocráticas que envolvem a construção da piscina no local.

3. Escavação

Após ter o planejamento pronto e a questão dos documentos resolvida, chegou a hora de efetivamente colocar as mãos na massa e tirar o projeto do papel. O primeiro passo para isso é partir para a escavação. Podendo ser feita de forma manual ou com máquinas, ela serve para remover a terra do local que irá abrigar a piscina e, também, para permitir que seja feita a sua fundação.

Vale lembrar que é de extrema importância tirar a licença da piscina antes de dar início à esta etapa. Isso porque a declaração evita que haja o risco de acertar uma rede de abastecimento durante a escavação. E não queremos causar estragos, não é mesmo?

4. Nivelamento

Feita a escavação, é hora de nivelar o piso, garantindo que a sua piscina tenha uma base sólida, firme e plana. Essa etapa ajuda a deixar mais fácil o processo de construção do fundo e das paredes da piscina e, ainda, garante uma qualidade mais alta ao final da estrutura.

5. Estrutura

Falando em estrutura… Após o nivelamento do solo, é hora de garantir que a malha estrutural que irá sustentar a piscina seja firme e de qualidade. Para isso, é fundamental construir paredes uniformes e que estejam niveladas umas com as outras, evitando desníveis e possíveis problemas posteriores.


6. Encanamento

Para construir a sua piscina também é necessário criar o encanamento, formado por um sistema de filtração e suprimento de água que fará a ligação entre a piscina e a casa de máquinas. A casa de máquinas abriga os equipamentos de manutenção da piscina. Ela não precisa ser muito grande, mas deve ser limpa, seca, arejada e ter espaço o suficiente para caber uma pessoa.

Também é sempre importante lembrar que não devem ser armazenados produtos químicos na casa de máquinas, apenas os equipamentos necessários para garantir uma manutenção saudável para a sua piscina.

7. Eletricidade

É importante pensar no sistema que irá fornecer energia para a sua piscina, garantindo um sistema de filtração eficaz para ela. Ainda, também há as piscinas que contam com um sistema de iluminação, e ele deve ser pensado nessa etapa da construção. Todo o cuidado é necessário para evitar o contato da água com a fiação, prevenindo acidentes.

8. Piso

Com toda a parte da fundação da piscina já construída, agora é hora de ela realmente ganhar as suas formas finais. Aqui, costuma-se utilizar o concreto para firmar a base que será o piso da sua piscina.

9. Paredes

Após o piso, partimos para as paredes, que normalmente são feitas de concreto despejado ou tijolos do mesmo material.

10. Revestimentos

Após construir a sua piscina, chegou o momento de dar o toque final a ela, escolhendo tanto os revestimentos da parte interna da piscina quanto aqueles que serão utilizados ao seu redor, criando um ambiente de lazer aconchegante e alegre.

Para o interior da sua piscina, nós temos a linha Oceanic, que pode ser encontrada em diferentes texturas e tons de azul. Com certeza uma das opções será ideal para a sua piscina dos sonhos.


Já para a área ao redor, você também pode contar com a linha Álamo, que é perfeita para criar uma estética do estilo deck de madeira, ou com a linha Quartzita, que surge como opção para quem quer construir uma piscina rodeada por um estilo de pedras. Agora é só escolher o seu estilo preferido!


Ah, e se você quer saber mais sobre os tipos de revestimento para as piscinas, você pode conferir o material completo que já produzimos sobre esse assunto.

Atenção na hora de projetar a piscina

Além de escolher um lugar que pegue bastante sol, você também deve pensar em outros pontos importantes na hora de construir a sua piscina, por exemplo:

  • Vegetação ao redor: evite plantar árvores altas na região próxima a piscina, já que elas podem causar sombras indesejadas. Também, lembre-se que as plantas que perdem folhas ao redor do ano podem acabar acumulando na sua piscina, e você não quer isso, certo?
  • Profundidade: para evitar acidentes, a profundidade mínima indicada na hora de construir a sua piscina é de 1m40cm.
  • Acabamento: aposte em bons revestimentos, pisos antiderrapantes e bordas sem quinas, aumentando a segurança da piscina.

.....

Agora que você já sabe um pouco mais sobre como construir a sua piscina, que tal colocar em prática o projeto verão o quanto antes e aproveitar os próximos dias de calor com muito mais estilo e diversão?

Av. Padre Natal Pigato, 974
Campo Largo – PR
CEP: 83.607-240
Fone: +55 (41) 2105-2500
Fone: +55 (41) 3391-1000