Como utilizar o círculo cromático na decoração

O círculo cromático é uma ferramenta que pode auxiliar – e muito – a criar uma paleta de cores equilibrada para o projeto. Com ele, temos uma ajuda extra na hora de escolher a melhor tonalidade para os móveis, paredes e itens de decoração.

O círculo cromático consiste, basicamente, em uma paleta composta por 12 cores. Sendo 3 primárias, 3 secundárias e 6 terciárias.

As cores primárias são: vermelho, azul e amarelo. As secundárias são resultado da combinação dessas cores, que originam o laranja, verde e violeta. Por fim, existem as terciárias, que são resultado da fusão entre primárias e secundárias.

Além dessas cores, pode-se adicionar preto ou branco na composição e criar tons mais escuros ou mais claros. Essa técnica é muito utilizada na decoração tom sobre tom, que iremos mostrar adiante.

Outra propriedade das cores, é a sua temperatura. Nuances como o laranja, amarelo e vermelho são consideradas tonalidades quentes, já o violeta, azul e verde são considerados frios.

De forma geral, as cores quentes são utilizadas em áreas de convívio da casa por levarem alegria ao ambiente. Em contrapartida, as cores frias costumam ser usadas nos cômodos em que se busca tranquilidade, como os quartos.

Como utilizar o círculo cromático

01. Cores Complementares

São as cores que estão em lados opostos do círculo cromático, caracterizando-se pelo forte contraste entre si. Apesar disso, essa combinação pode ser utilizada em diferentes estilos.

Para quem prefere decorações discretas, a dica é manter cores neutras no cômodo e investir apenas em itens decorativos coloridos. Já os mais ousados, podem utilizar as cores complementares nas paredes e móveis.

02. Cores Análogas

As cores análogas são aquelas que estão paralelas dentro do círculo cromático. O roxo, por exemplo, tem o rosa e o azul como análogas.

A combinação dessas cores tem pouco contraste, sendo ideal para quem deseja acrescentar cor ao ambiente, mas sem deixá-lo muito colorido.

03. Cores tríades

A combinação tríade, também conhecida como decomposta, é formada por 3 cores equidistantes, que juntas formam um triângulo no círculo cromático.

As cores tríades, assim como as complementares, também apresentam um forte contraste entre si. Sendo ideal para quem gosta de utilizar diferentes tonalidades na decoração, mas ainda pretende manter uma unidade de cor no espaço.

Para quem está começando a se aventurar nessa forma de combinação, a dica é escolher uma cor que será predominante e utilizar as outras para compor detalhes do ambiente. Que tal uma parede com o revestimento azul, combinando com almofadas vermelhas e uma mesinha de centro amarela?

04. Harmonia em 90º

A técnica da harmonia em 90º ou combinação em quadrado, corresponde à escolher uma cor, pular duas seguintes e escolher a próxima. Repetindo o processo até formar um quadrado no círculo cromático.

Com esse procedimento, é possível selecionar 4 cores complementares, vibrantes e com ótimo contraste. Em um primeiro momento pode parecer uma combinação difícil, mas quando feita da forma correta, é a garantia de um ambiente exclusivo.

Recomendamos não colocar as cores escolhidas próximas uma das outras. O ideal é encontrar o equilíbrio entre itens coloridos e neutros, assim evita-se que o ambiente fique poluído visualmente.

05. Tom sobre tom

O tom sobre tom consiste em utilizar uma mesma cor, mas em tonalidades diferentes, em toda a decoração. Quando estão juntas, formam o famoso efeito degradê.

Essa combinação é indicada para quem prefere uma paleta de cores monocromática e atemporal. Porém, é preciso prestar atenção em alguns fatores para assegurar que não irá ficar um ambiente monótono.

O primeiro deles, é escolher tonalidades que visualmente são diferentes entre si, caso contrário, podem acabar não criando o efeito degradê por terem tons muito parecidos. Outra dica para evitar a monotonia, é apostar em texturas e estampas.

Ainda está com dúvidas sobre como realizar essas combinações? A plataforma Adobe Color pode te ajudar. Essa é uma ferramenta gratuita da Adobe em que você consegue visualizar o círculo cromático e todas as suas cores.

Com esse conteúdo, esperamos que tenha compreendido ainda mais sobre como utilizar o círculo cromático no seu projeto e esteja com várias ideias inovadoras para decoração.